domingo, maio 18, 2008

A reconquista

Tarde ventosa com sol primaveril, o futsal na televisão não atava nem desatava, resolvi ir até à Costa da Caparica, está dentro do meu raio de acção e faz parte daquele triângulo onde habito, cujos vértices incluem a Trafaria e o Monte!
Esta região, outrora reduto da Cruz de Cristo, é hoje pasto de leões e águias, que invadiram a zona como invadiram o país, com a poluição que isso acarreta e demais inconvenientes conhecidos. Daí a importância, por enquanto simbólica, deste protocolo que estabelecemos com o ‘Grupo Desportivo dos Pescadores da Costa da Caparica’, clube que respira como nós o mesmo sabor a sal e Atlântico!
Foi portanto um passo no sentido da reconquista, recuperando território perdido, e essa ideia deve ter repassado pela mente de muitos dos presentes, tal era a sensação de nos sentirmos em casa… ainda que rodeados de estranhas aves e feras!
O jogo própriamente dito foi ganho pelos “Pescadores”, campeões da A.F. de Setúbal, que bateram os nossos juniores por uma bola a zero, e como já li algures, deu direito a uma terceira parte, fora de portas, mais precisamente na Charneca, sentados à mesa, prolongamento que serviu de pretexto para acertarmos a questão do treinador e prepararmos a nova época!
Um fim de tarde bem passado.
Saudações azuis.

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home