sexta-feira, julho 24, 2009

As boas e as más

(As boas notícias)

Temos um activo cobiçado pelo Benfica, o jovem guarda-redes Júlio César, e a reacção normal (de um belenense normal) teria de ser uma reacção positiva! Ainda bem que podemos vender um jogador para assim realizar algum dinheiro, dinheiro que não temos, e que precisamos para solucionar as carências do actual plantel! Qual é a dúvida?!
Ah, parece que só vamos receber 10% do valor da transferência! Bem, isso é uma questão que não é para aqui chamada. E como não conheço os contornos do negócio que envolveu a aquisição de Júlio César (Dezembro 2008) não vou fazer comentários.
Posso apenas acrescentar aquilo que não é novidade para ninguém: o negócio do futebol é igual aos outros negócios – comprar mais barato e vender mais caro – com uma pequena diferença – os negócios no futebol fazem-se tendo em vista melhorar a qualidade da equipa. E não o contrário.
Além do mais, se existe cláusula de rescisão, se ela for respeitada, também não vejo qual seja o impedimento!
E mais não digo por razões que têm a ver com a valorização do património azul.

(As más notícias)

Parece que um dos elementos da Direcção recém eleita foi ‘apertado’ no estádio do Restelo por um grupo de associados! Segundo consta estarão insatisfeitos com a política de contratações e dispensas e querem provávelmente participar na gestão do clube!
Voltamos ao mesmo?! E quem são os mesmos que se acham no direito de confrontar (e perturbar) quem assumiu responsabilidades pelo Clube?! Faltando assim ao respeito a todos os sócios e ao próprio Belenenses!
Ou será alguém que quer eleições permanentes?!
É bem provável que surjam escritos e escribas a minimizar o sucedido, mas a verdade é que a comunicação social deu a notícia. E ser notícia por semelhante motivo não faz bem ao Belenenses. Afasta as pessoas decentes, afasta a boa moeda, e traz mais lixo para o Restelo.
A continuarmos assim o Belenenses não dura muito tempo.

(As péssimas notícias)

Para ganharmos uns tostões vamos gastar uns milhões. Se calhar não fazemos contas, vai para a ‘conta’ da relva!
Depois do campo de treinos ter sido arrasado pelas escolas de râguebi, agora é o campo principal que está impraticável! Pois, pois, concertos… o futebol logo se vê.

Saudações azuis

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home