terça-feira, maio 24, 2005

Uma tarde irritante…..

Já não há pachorra para ver aquilo. E a coisa até começou bem – um cafezinho e uma torta de maçã na secção de rugby, servido por gente civilizada. Confesso que quando ali vou, sinto a consciência pesada pelo meu anti-ecletismo primário. À saída, acabo por fazer algumas concessões à “modalidade” desde que não façam mais buracos na relva!
Bem, mas regressemos ao jogo com o Vitória de Setúbal e àquele estafado 4.4.2. do Carvalhal. E a mania de jogar com dez!!! – o Amaral já se esqueceu de jogar em uma data de lugares! Hoje, é defesa-direito e basta. Ainda por cima reapareceu a marcar livres, cantos, pontapés à baliza, etc., e eu só tenho pena que os treinos tenham acabado, senão ia lá ver, porque o homem deve partir traves e furar redes que só visto!
Agora, a sério, neste sistema, e com pontas de lança a fingir, muito dificilmente marcaremos um golo!
Lourenço é o melhor amigo da relva – ninguém como ele para conhecer o relvado do Restelo! E está sempre em observação atenta e próxima. Espero que comunique ao Jardineiro-mor que aquilo está uma vergonha!
Paulo Sérgio, que é bom flanqueador, não tem condições para jogar a ponta de lança, em ataque continuado.
A equipa só se equilibrou na segunda parte, quando jogou com o Eliseu e o Paulo Sérgio nas alas. Ainda assim eu teria tirado o Lourenço em vez do Ruben Amorim, mas isso já é um bitaite…
O jogo era a feijões mas saí de lá irritado.

Registo:
- O abandono do Tuck, jogador brioso e que sempre honrou a camisola!
- O aplauso, no intervalo, aos jovens campeões das “modalidades”!
- “O futuro aplauso aos campeões de futebol juvenil”!!!
- O Pelé está um senhor jogador!
- O Renato melhorou com o decorrer do jogo!
- O Eliseu entrou bem na partida!
- O Rodolfo Lima precisava de ter tido mais oportunidades. Scopeli faria dele um grande ponta de lança… (eu sei que nesta altura há gente a sorrir, mas eu já vivi muitas surpresas no futebol!).
- Existem fórmulas de treino individual que melhoram a condição técnica de base dos jogadores; e existem outras fórmulas (inadequadas) que transformam os jogadores em “matacões”! E já nem falo na ansiedade!? Mas estas são contas de outro rosário…

JSM

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home