quinta-feira, maio 26, 2005

Balancete de uma época

Vamos lá fazer as contas:
Objectivos: entre o 5º e o 9º lugar – ficámos em 9º mas não nos livrámos de alguns sustos…Lembram-se do meu arrazoado sobre ambição e como ela se transmite?
Mais em pormenor:
Treze vitórias, catorze derrotas e sete empates. Mediania quase absoluta. Dez derrotas fora de casa! Cinco empates e apenas duas vitórias… Mas que enorme falta de personalidade! Pior do que nós só uma ou duas equipas.
Coisas positivas: Carvalhal estruturou uma equipa. Com as insuficiências apontadas (a maioria do foro psicológico), a verdade é que hoje o Belenenses tem uma equipa que não se ressente da saída deste ou daquele jogador. É isso que define uma equipa.
O momento decisivo, em minha opinião, aconteceu com a indispensável estabilização do sistema defensivo. Éramos, até Janeiro, uma das defesas mais batidas do campeonato, e a partir daí, parámos de sofrer golos.
Quer isto dizer, também, que as aquisições de Dezembro foram importantes!
Mas não há bela sem senão – à estabilização defensiva sucedeu menor eficácia atacante, não obstante nunca nos esquecermos que esta Super Liga foi a mais competitiva de sempre, e até à última jornada!
Assim sendo e em conclusão, precisamos de estruturar a próxima época aprendendo alguma coisa com os erros cometidos:
- Rever a questão fundamental da exigência e da ambição, que devem estar a cargo sobretudo da Direcção e Administração da SAD. As prestações fora de casa falam por si…
- Reforçar o ataque com avançados mais regulares.
- Encontrar um carregador de piano que o Juninho não conseguiu ser.
- Preparar a substituição do Wilson.
Se não destruirmos o equilíbrio defensivo já alcançado e obtivermos verdadeiras mais valias nos sectores apontados, penso que conseguiremos chegar aos cinquenta e cinco pontos. E ao que isso representa…

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home