sexta-feira, abril 22, 2016

“A figura do Belenenses é o colectivo”!

A frase é de Julio Velasquez, treinador do Belenenses, enquadrada por um conjunto de declarações que deviam ser o lema de todos os que seguem a camisola azul com a Cruz ao peito! Trata-se de um jovem técnico, razoavelmente desconhecido, e que chegou no meio de alguma desconfiança. Eu por mim falo. Porém, tem provado amplamente a justeza da sua contratação. Os jogadores apreciam-no, os adeptos também, a crítica enaltece-o. Pode ser um dos pilares do nosso regresso ao lugar que já nos pertenceu.

Quanto ao jogo desta noite espero que a equipa que entrar em campo mantenha a personalidade e a coragem que tem vindo a demonstrar. E já agora, que traga os três pontos no bornal. Ao contrário de alguns belenenses, por certo mais recentes, não mantenho especial rivalidade com os boavisteiros. São adversários como outros quaisquer e como tal devem ser respeitados. A minha rivalidade especial é com aqueles três que vocês conhecem. E desses três é com um em particular. Os belenenses mais antigos sabem bem a que clube me refiro.

Enfim, também aqui, nesta história das rivalidades, se nota o declínio. Os antigos não podem ver o encarnado; os ‘midle age’ andam ás turras com o verde; os mais jovens, que nunca caçaram nem águias nem leões, entretêm-se com os pardais da Boavista.


Saudações azuis    

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home