sábado, maio 26, 2007

The final count down

Está na hora de contarmos as horas que faltam para o grande desafio do Jamor. Que fazer? Vou dar a táctica? Escalar a equipa? Eu já sei que não jogo, única certeza, e no fim de contas o Belenenses até lucra com isso. O estádio nacional vai estar cheio, a transbordar, o comboio indispensável, que utilizei na final de sessenta contra o mesmo Sporting, já não funciona! Tudo em nome do retrocesso! Viva o alcatrão, vivam os automóveis, viva o progresso! Por causa dos automóveis, qualquer dia vai tudo a pé!
Em contrapartida, estes progressistas mostram-se incapazes de solucionar questões óbvias de comodidade e conforto, como o aumento da lotação e a indispensável cobertura das bancadas! Afinal, adoram o estado novo!
Entremos em campo, olha, o Carlitos joga de início, ainda bem, pode ser que eu acerte na antiga previsão. Vamos ganhar mesmo que o Carlitos não jogue, diz alguém ao meu lado. Está bem. Proença é o árbitro e não vou condicionar o rapaz. Desejo-lhe sorte e poucos cartões para a nossa banda.
Vamos lá ver se tenho saúde para mais este desafio. Se chover é pior para mim, mas é melhor para nós.
Saudações azuis.

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home