sexta-feira, agosto 11, 2017

E o vídeo árbitro errou!

Tal como escrevi o vídeo árbitro serve para favorecer os três eucaliptos. E factos, são factos, logo na primeira jornada, de relevante, o VAR valida um golo ao Porto que jogava contra o Estoril, e anula um golo ao Braga que jogava contra o Benfica. Esta última decisão deixa as maiores dúvidas, até porque punha de novo o Braga dentro do jogo, seria o 3-2, e nas explicações posteriores a Federação contraria a norma em vigor sobre foras de jogo – na dúvida o lance é legal. É o que diz a lei. Acresce que os jogos televisionados pela Benfica TV deixam no ar alguma suspeita sobre as imagens fornecidas, suspeitas legítimas uma vez que tal constitui excepção, mais uma, ao que acontece nos outros jogos, cuja operação é independente dos clubes em confronto.
Conclusão, se alguém tinha dúvidas sobre a verdade do vídeo árbitro, pode tirar o cavalinho da chuva. Errar logo na primeira jornada, é obra!


Saudações azuis


Nota básica: Só me referi ao mais relevante, e a dúvida é sempre a mesma: -se o Braga estivesse  ganhar por 3-1 e o lance em causa favorecesse o Benfica, o VAR tomaria igual decisão?! A eterna certeza...

Adenda: E só faltava, para confirmar a utilidade do VAR/eucaliptos, o penalty fantasma que o Paixão descobriu a três minutos do fim! E continua o baile. 

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home