domingo, agosto 20, 2017

A pior derrota…

Para os belenenses antigos (e já são tão poucos…) esta é a pior derrota. Não vou explicar porquê até porque a maioria não percebe, mas é triste chegar perto do centenário a levar (sistemáticamente) cabazadas do Benfica. A SAD enquanto não perceber isto, está a mais no Belenenses e estas direcções amicíssimas do Vieira, também não servem. Já escrevi sobre isto mas repito: - o Benfica é actualmente parte do problema nacional porque é peça central da batota instituída. O vídeo árbitro, panaceia dos idiotas, já foi completamente instrumentalizado pelo clube da Luz, como ontem todos viram na agressão de Eliseu sobre Diogo Viana. Desta vez a BTV viu-se obrigada a repetir o lance depois da ‘avaria’ da primeira jornada que escamoteou um golo limpo ao Braga. Veremos o que tem a dizer sobre a matéria o jornalista da SIC e grande entusiasta da verdade desportiva!

Mas o vídeo árbitro não desculpa, nem a goleada, nem o estado em que o Belenenses se encontra. Elogiámos aqui a prestação da equipa contra o Marítimo, mas a equipa que subiu ao relvado não foi a mesma que defrontou e ganhou aos insulares. Domingos teve medo e foi castigado. Admitia que retirasse Diogo Viana e pusesse no seu lugar Geraldes, pois sabe defender e é rápido a avançar no terreno. Mas não foi isso que fez Domingos – de facto pôs Geraldes a jogar mas fez mais algumas alterações despropositadas nomeadamente a inclusão de Sousa em vez de Tandjigora, sabendo-se que o jogador gabonês tem uma intensidade de jogo que Sousa não tem. O resultado destas alterações ficou aliás bem patente logo aos dois minutos de jogo. Falta de Yebda perto da área, desconcentração de Sousa no alinhamento para o fora de jogo, e a sagacidade dos avançados benfiquistas fez o resto.

Ainda houve uma reacção e até poderíamos ter empatado se Diogo Viana tirasse os olhos do chão e servisse Chaby que aparecia em melhores condições. Optou pelo remate de um mau ângulo e são estas (pequenas) coisas que fazem a diferença entre os jogadores. E quando não se marca, o tempo na Luz corre contra os adversários do Benfica. Que realmente está num bom momento e esfrangalhou completamente, em transições rapidíssimas, o ‘sistema defensivo’ azul. Sistema defensivo fica entre aspas porque como dizia um grande treinador, o futebol é um jogo simples quando jogado com grande ritmo, e quando a inteligência de cada jogador é posta ao serviço da equipa.



Saudações azuis 

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home