sexta-feira, junho 30, 2017

Pregar no deserto…

Eu devo andar desfasado com a realidade, acho mal o que a maioria das pessoas acha bem, ou então acha normal e assim está cada vez mais difícil escrever alguma coisa neste clima de paz podre que não condiz com a minha índole.
Ontem foi a vez de me incomodar com o presidente do Belenenses, Patrick Moraes de Carvalho, visto em amena confraternização com o presidente do Benfica no ‘tradicional’ repasto que junta ‘deputados benfiquistas’ essa nova espécie de representação que desconheço e repudio. É o tal desfasamento com a realidade… Eu sei que o presidente do FC Porto também se reúne com os ‘deputados do FC Porto’ e que o Sporting deve fazer o mesmo, mas desculpem lá, nada disto é normal, nada disto é bom para o futebol e muito menos para a política e para os políticos. Aquilo que vi na televisão, o discurso de Luís Filipe Vieira, as palmas dos deputados, são cenas de um mundo que já julgava ultrapassado! Aquilo podia passar-se na antiga URSS onde o grande líder é sempre aplaudido diga ele o que disser. Mesmo quando não diz nada sobre aquilo que interessava saber: – disse que as acusações eram falsas o que é uma maneira de não dizer nada sobre a veracidade dos emails.

Portanto é neste clima que perguntamos o que estava o presidente do Belenenses ali a fazer, Belenenses que, espero, nunca venha a ter ‘deputados’ que se prestem a tais figuras.


(João Menezes) sócio nº 400

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home