quarta-feira, maio 11, 2016

Um país microscópico!

Isto está a ficar irrespirável, apertado, já não bastava a globalização informativa que reflecte a mesma notícia, um bilião de vezes por dia, por esse mundo fora! Já não bastava o IRS que sabe mais sobre mim do que eu próprio, já não bastava não haver desertos, nem oásis, já não bastava tudo isso e ainda tenho que sofrer, em cada minuto que passa, a notícia da transferência extra celeste de um jogador do Benfica! E não há volta a dar, para onde quer que me volte parece que o país foi bafejado com a sorte grande! Já tínhamos os milhões do Cristiano Ronaldo, temos agora os milhões do Renato Sanches! Estamos cada vez mais ricos!

Seria uma boa notícia para os lesados do BES, mas esses não devem ter sorte nenhuma. Seria uma boa notícia para o Novo Banco mas duvido que as enormes dívidas dos grandes clubes sejam alguma vez liquidadas. Nesta matéria vale uma anedota antiga, anedota que terá inspirado o nosso Sócrates na sua teoria sobre dívidas: - as dívidas velhas não se pagam; as novas fazem-se velhas e também não se pagam.

Mas enfim, sempre é uma boa notícia para o próprio jogador que é o menos culpado pela pequenez circundante.



Saudações azuis


Nota: A partir de agora o queixo do Sturgeon (que atingiu o cotovelo do Renato) já vale dinheiro.

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home