quinta-feira, maio 19, 2016

Nova época

Velasquez fica e está a preparar o início da próxima época. É uma boa notícia, uma vez que já deu provas de saber aquilo que quer, vidé os reforços de Janeiro, fundamentais para subirmos na tabela. Para além, naturalmente, das qualidades do próprio treinador.

Quanto á SAD, Rui Pedro Soares joga na próxima época uma cartada decisiva: - ou nós, os adeptos, percebemos que o clube está a crescer de forma consistente, libertando-se ao mesmo tempo de dependências estranhas, e isso há-de ter tradução no desempenho da equipa; ou pelo contrário continuamos a desconfiar da solidez do projecto e está o caldo entornado. Não estão em causa nem a perspicácia nem o jogo de cintura do presidente da SAD, até á data notáveis, estão sim em causa, como tenho referido (abundantemente) a consistência do projecto e a confiança dos adeptos. Em termos concretos o desafio é o primeiro terço da tabela. Sendo que ajudava muito que Clube e SAD puxassem para o mesmo lado.

Dito isto vamos às aquisições que entendo necessárias partindo do princípio que não se consegue a renovação de Aguilar, um novo empréstimo de Bakic e o fim do empréstimo de Geraldes. O ideal seria mantê-los, nomeadamente os dois médios.
Fim do empréstimo do Geraldes quer dizer que o Belenenses não pode continuar com jogadores emprestados pelos rivais (Benfica, Sporting e Porto), nem tão pouco com outros que lhes estão hipotecados. Para bom entendedor… Mas vou esquecer-me destes por agora até porque não sei exactamente qual é a respectiva situação contratual.

Assim, ficam a faltar um defesa direito, um médio defensivo e um armador de jogo. Mas é evidente que na época que terminou já faltavam alguns jogadores. Dois, pelo menos. Um central direito, atendendo à prolongada lesão de Palmeira, e sempre faltou mais um defesa esquerdo. Pois não me parece que Fábio Nunes seja alternativa para o lugar. Por outro lado Filipe Ferreira, talvez possa adiantar-se no terreno (interior esquerdo) e disputar o lugar com André Sousa.
Resumindo: precisamos de garantir (pelo menos) cinco jogadores – os três que podem não continuar e os dois que sempre faltaram.

E o que dizem as notícias entretanto?! Ainda é cedo, mas são anunciados dois jogadores - um defesa direito que vem do Marítimo e o Gerso, extremo-esquerdo do Estoril. Tenho boa impressão de ambos e se vierem são os melhores do mundo.



Saudações azuis


Nota: Segundo rezam as crónicas o Estoril tem sete jogadores em fim de contrato e dois deles (Gerso e Babanco) já terão sido contactados pelos responsáveis azuis. Pois da lista de sete existem outros jogadores interessantes e que também dariam jeito ao Belenenses. Desde logo o central Yohan Tavares que corresponde ao perfil que andamos à procura - um central destro, tecnicista, e que saiba sair a jogar. Tavares encaixa nestas características e fez uma grande época com Marco Silva. Há porém outro jogador que gostaria de ver no Belenenses. É o avançado Mendy. Não é uma prioridade absoluta, já que temos Juanto, Caeiro e até Miguel Rosa para aquela posição, mas Mendy pode vir a compensar porque tem características invulgares: - envergadura, disponibilidade física, técnica quanto baste, e marca muitos golos! Incomoda qualquer defesa. Aliás referi-me a ele na antevisão da partida com o Estoril. 

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home