terça-feira, maio 30, 2006

Leitura dos jornais

Jornal “O Jogo” de 30/05/06: 14 assinaturas ‘salvaram’ Cabral Ferreira.
A proposta de realização de uma Assembleia-geral Extraordinária para votar a eventual destituição de Cabral Ferreira da presidência do Belenenses foi ontem rejeitada por Machado Rodrigues, presidente da mesa da AG do emblema do Restelo. A recusa ficou a dever-se ao número de assinaturas necessárias, uma vez que, das 296 entregues pelo grupo dos contestatários – no qual se inclui Mendes Palitos, rival de Cabral Ferreira nas últimas eleições – apenas 236 foram consideradas válidas, quando 250 assinaturas são o mínimo necessário para a convocação de uma AG extraordinária. Indignado pela posição tomada, o grupo não equaciona a possibilidade de recolher as assinaturas que faltam”.

Muito bem ou muito mal, não sei ainda que conclusão retirar desta notícia, que a ser verdade retrata fielmente o Belenenses actual!
Insólito, inerte e ao sabor do absurdo.

Entretanto prossegue a novela “Mateus”!
Diz Mateus no mesmo jornal: “Deram-me um papel e eu só assinei”!
Ou me engano muito ou o próximo campeonato da primeira Liga, que era para ser disputado por dezasseis equipas, vai recomeçar com vinte!
Viva o futebol português.
Saudações azuis.

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home