sábado, maio 13, 2006

Os bastidores da crise

José Couceiro, em longa entrevista publicada hoje no jornal ‘A Bola’, explica-se e desvenda algumas das causas que, na sua óptica, contribuíram para a descida de divisão!
Orçamento inicial desfigurado, salários em atraso, promessas adiadas, reforços de Dezembro insuficientes para colmatar um plantel desequilibrado, são as principais razões que enuncia.
Arrependido por não ter denunciado mais cedo a situação, por não ter batido com a porta logo em Janeiro, não foge às suas responsabilidades e afirma ter-se demitido, a custo zero para o Clube, no intuito de facilitar a vida ao Presidente da Direcção. De quem se diz amigo, e que curiosamente, isenta de responsabilidades!
Tem uma visão para o Belenenses do futuro, que partilha com o Eng. Cabral Ferreira, e que considera indispensável pôr em marcha, para evitar o previsível descalabro.
Retenho a frase: ”O Belenenses é um Clube de grande dimensão. Mas a equipa de futebol e a estrutura que a apoia não são de grande dimensão.”
Interessante!
Comentário!?
Quem votou nesta Direcção deve a esta hora sentir-se enganado. Afinal o prometido futuro de estabilidade e crescimento, bandeira eleitoral da lista vencedora, não existiu nunca! Por outro lado, as dúvidas sobre a credibilidade da outra Lista, levantadas amiúde pelos vencedores, concluímos que foram e são despropositadas! Pois quem assim não cumpre, deve abster-se de fazer considerações sobre os que ainda não tiveram a oportunidade de falhar.
Isto tem lógica?!
Muito bem. Em vistas disso, penso que os votantes afectos a esta Direcção merecem para além de um comunicado de pesar, explicações sérias sobre o que se passou, o que correu e está a correr mal no Belenenses, não apenas no futebol, mas se considerado no seu conjunto. E este conjunto não deve ser coisa pequena!
Quanto aos restantes Belenenses, os que votaram na outra Lista, os que se abstiveram, os que estão afastados e desiludidos com o percurso que o Clube vem trilhando há décadas, esses, terão que decidir muito rápidamente se esta Direcção dá, ou não dá, as garantias mínimas de conseguir cumprir o seu mandato com a dignidade que a (já longínqua) grandeza do Clube de Futebol “Os Belenenses” ainda merece.
Saudações azuis.

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home