domingo, janeiro 28, 2018

A mesma guerra, novos episódios!

Estive a ler a conferência de imprensa do presidente do CF Belenenses, Patrick Moraes de Carvalho, conferência que se seguiu à sessão de esclarecimento realizada ontem no Restelo. Está em causa um novo protocolo que regule as relações entre o Clube e a SAD uma vez que se considera que o anterior foi automaticamente revogado pela decisão arbitral que impediu a recompra da maioria da SAD por parte do Clube. Um argumento que me parece legítimo. O que eu já não acho legítimo é trazer para a praça pública esta questão, seja com sessões de esclarecimento que nada esclarecem, seja com assembleias que em última análise podem (com as suas ‘decisões’) atirar o clube para os distritais. Porque se, em teoria, não é isso que se pretende, na prática (e veja-se o exemplo do Atlético) é isso que vai acontecer. Que eu saiba nenhuma assembleia (com umas centenas de sócios, se tanto) tem poderes para acabar com o Belenenses. Esta é a minha opinião. Naturalmente que o Clube e a SAD devem entender-se e para isso o estádio do Restelo tem muito espaço para pôr uma mesa e duas cadeiras. Porque a falar é que as pessoas se entendem. Assembleias e jornais, para assuntos tão delicados, não me parece.

Uma última nota mas que poderia ser a primeira: - o Atlético também já foi campeão nacional na medida em que é o herdeiro legítimo do Carcavelinhos. A taça está lá, na sua sala de troféus. Estas confusões são de evitar quando estão em causa três títulos de campeão nacional que nos foram sonegados.


Saudações azuis

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home