quarta-feira, junho 22, 2005

Redução de clubes (continuação)

O caso da Madeira

A situação da Região Autónoma da Madeira é um “case study”. Beneficiando do inegável desenvolvimento Regional (sinal de que os fundos têm sido bem aplicados) os Clubes madeirenses estão na Super Liga. Entretanto, quando o Dr. Jardim, por uma questão económica e de lógica ambição, propôs uma fusão, para em melhores condições a Madeira poder discutir o título nacional, os madeirenses recusaram, em nome das rivalidades paroquiais. Lembremo-nos que foi a única vez que o “amado” líder foi assobiado! Daqui, podemos concluir que os madeirenses têm uma feroz rivalidade entre eles? Claro que não. O que se passa, é mais uma vez o reflexo de um fenómeno de colonização interna. Por detrás da inconciliável reunificação, é a rivalidade de sempre entre os três Grandes que está presente, funcionando os clubes madeirenses como mero 2º clube e uma “mini-arena” de despiques!

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home