sábado, junho 04, 2005

PT por cinco anos


“Nos próximos cinco anos, o logótipo da Portugal Telecom vai figurar nas camisolas da equipa principal do Benfica, tal como já acontece actualmente com os rivais FC Porto e Sporting. O investimento cifra-se em 4,75 milhões de euros, já incluindo a publicidade nas bancadas.”
Jornal – O JOGO, de 02.05.2005

Não, não é inveja. É tristeza pelo sítio em que vivemos…
Para me poupar a argumentos, relembro o que no passado escrevi sobre esta promiscuidade entre os capitais públicos e os Grandes do nosso futebol, nomeadamente no que se refere ao Benfica!
Lembram-se do “caso Futre” e da interferência da Televisão Pública?!

“FUTRE – Sem poeira nos olhos

È assim: os dinheiros públicos (dos contribuintes sem clube; dos contribuintes dos outros clubes, incluindo os contribuintes sportinguistas), serviram, neste caso concreto, para atribuir uma vantagem decisiva ao SL Benfica na corrida à contratação do jogador de futebol chamado Futre. Acrescentar, que por acaso, o Presidente da RTP era há bem pouco tempo, Presidente do Conselho Fiscal do Benfica, apenas vem confirmar a falta de senso, no mínimo, da gestão pública.
Que a RTP tem vindo a subverter as leis do mercado através, nomeadamente, do monopólio das transmissões desportivas já todos sabíamos e a SIC melhor que ninguém.
Que a RTP vinha atribuindo verbas avultadas aos “grandes clubes”, (sempre aos mesmos), sob a cobertura de bons negócios, também já sabíamos.
Agora a novidade é a interferência directa da RTP na própria competição desportiva através da contratação de jogadores para os clubes da simpatia do respectivo Presidente em exercício (desde, que claro, seja um bom negócio)!
A hipocrisia quer agora desfazer o negócio, depois de obter o que pretendia, e faz-se esquecida de que o pagamento ao Sr.Gil, tinha prazo bem curto – é a poeira para os olhos…”


Como se vê continuamos na mesma…

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home