quarta-feira, abril 10, 2019

A propaganda em análise


Uma sociedade infantil, alienada com a propaganda, já lá vão duzentos anos, consome tudo o que lhe impingem. Hoje, sem surpresa os jornais ditos desportivos, os outros são iguais, tinham na primeira página, lado a lado, os dois lados da segunda circular! De um lado estava o Sporting e a sua eterna auditoria cujo finalidade última é atirar mais umas pedras ao Bruno de Carvalho e assim distrair a opinião pública dos problemas do vizinho. Quanto ao vizinho são só boas notícias – o estádio da Luz continua a ser interditado em vão, e as obras do Seixal/Caixa são agora um novo desígnio nacional! Reabilita-se o Vieira e ficamos de boca aberta perante tanta modernidade! Imagine-se, Portugal tem ali uma fábrica de jogadores último modelo, com maternidade e tudo. No futuro há-de ter um colégio e quiçá uma universidade para árbitros... Quem paga ou pagou isto tudo não interessa mas fica a certeza que a expressão 'Campus Caixa' há-de significar alguma coisa.

Outra grande manobra de propaganda são as viagens à Hungria nomeadamente a Budapest! O novíssimo SNI (secretariado nacional da informação) está atento e não deixa passar nada! Em causa novamente o Rui Pinto e outro desígnio nacional – descobrir quem ousou revelar os e.mails que comprometem o Benfica! E talvez comprometam algum conhecido escritório de advogados... Quanto ao conteúdo das missivas isso pouco interessa. E a velha bandeira da segunda república sobe ao mastro da terceira - tudo pelo Benfica, nada contra o Benfica.

Belenenses?!

Bem o meu clube de sempre, e único que tenho, só tem razão de existir se combater este estado de coisas. Combater sem subserviências e sem a ilusão de querer passar por entre os pingos da chuva. Se o fizer terá mais apoiantes e não menos. Face ao que está a acontecer e vai piorar até ao fim do campeonato, as pessoas decentes não podem ficar caladas. Porque o que se perspectiva é que quer Benfica quer Porto irão ganhar os seis jogos que faltam. E vão ganhar porque os factores externos são decisivos, como se viu na Vila da Feira. A única dúvida prende-se com o Sporting, outro dos beneficiados do sistema, no caso de precisar de pontos para ficar em terceiro lugar. Recorde-se que Porto e Sporting ainda se vão defrontar.

Um campeonato assim, pré determinado, tem algum interesse?! Não se resolvia o problema com computadores, vídeos, imagens 3D e uma série de jardins de infância espalhados pelo país?!


Saudações azuis



xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home