sábado, julho 18, 2015

Inícios

Apresentação contra o Estoril, com a equipa à procura de entrosamento, algumas linhas de força - dois trincos para podermos jogar com Carlos Martins livre de marcações, Sturgeon sobre a direita, o que é bom, Miguel Rosa sobre a esquerda, o que não é tão bom.
Apresentação à sexta-feira, para ganhar tempo que vem aí o Gotemburgo da Suécia, ou com menor probabilidade os mais acessíveis polacos.
Esperava-se o anúncio de um goleador sonante e ainda há que resolver a quadra de centrais, uma vez que Palmeira está há muito tempo lesionado!

E duas novidades: - a mudança dos bancos para o lado nascente, melhor para a visibilidade dos sócios, pior por certo para treinadores e suplentes quando houver jogos à tarde e com sol. A outra novidade é a insistência numa mascote animal! Animal marinho. Não sei porque havemos de copiar os outros animais, sejam leões, águias ou dragões! Parece uma doença desde que em má hora se lembraram dos golfinhos para substituir a Cruz de Cristo! Eu remato assim: - quem tiver vergonha ou dúvidas sobre a Cruz de Cristo o melhor é mudar-se para um dos animais supracitados. Se é que já não mudou!

Umas pinceladas finais sobre os últimos desenvolvimentos na Liga:

Li num jornal desportivo que Luís Duque é apoiado pela SAD azul. Os argumentos parecem-me razoáveis e uma vez que está na moda (pelo menos na Grécia é assim!) governar com os votos favoráveis da oposição enquanto o próprio partido se abstém ou vota contra, pois então que siga a marcha. Espero apenas que Luís Duque corrija o autêntico escândalo que constitui o número de jogadores inscritos por Benfica Sporting e Porto, jogadores que acabam emprestados a clubes da primeira Liga (no limite de três!) o que é outro escândalo. Estou a pensar, obviamente, na verdade desportiva.


Saudações azuis

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home