segunda-feira, agosto 16, 2010

Nem tanto ao mar…

Nem tanta contabilidade nem tão pouco futebol, há que encontrar um equilíbrio, o Belenenses precisa de ter uma equipa minimamente competitiva, que não nos envergonhe, e isto tem pouco a ver com a qualidade individual deste ou daquele jogador, mas sobretudo com os ‘vícios que de longe vêm’, como dizia um Rei que deixou saudades. Entendamo-nos, está há muito instituída no clube uma cultura de ‘deixa andar’, de irresponsabilidade, que os jogadores imediatamente apreendem e copiam. E se alguma coisa de positivo podemos retirar destas goleadas é que não estamos apenas a falar de futebol, longe disso. Estamos a entrar no cerne da questão: - há muito tempo que o Belenenses é um clube para passar o tempo, um clube pouco exigente, e como é relativamente certinho no cumprimento das suas obrigações contratuais (ai dele se não fosse, caía-lhe tudo em cima!) é o clube ideal para um futebolista se reformar (incluindo no posto médico) ou então para se ir reformando. Este tipo de ambiente atrai jogadores pouco ambiciosos, sem carácter, e como não existe um contra-vapor educativo, as coisas vão-se degradando.
Por isso gostei de ouvir o desabafo do treinador bem como a reacção do presidente! É preciso continuar a falar verdade, e esta verdade tem que se estender a toda a estrutura do futebol - dirigentes, treinadores, adjuntos, e também àqueles que quer o Belenenses desça quer não desça, por lá continuam, como se fosse tudo igual ao litro.
Sobre os jogadores que temos não gostaria de me pronunciar, mas uma coisa já vi há muito tempo – não há por ali um capitão a sério, uma voz de comando, alguém inconformado!
Sabemos que dizer mal nestas alturas é fácil, mas ignorar o assunto seria bem pior, portanto vamos levantar a cabeça porque ninguém acredita que de repente todas as equipas são melhores que o Belenenses! Isso é um absurdo.

Saudações azuis
.
.Nota básica: Mas é verdade que até à data não temos ninguém que marque golos. E sem golos não há vitórias.

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home