sexta-feira, agosto 06, 2010

A concorrência que interessa

Para mim a única concorrência que conta ainda são os milhafres, os lagartos, o Porto mais ao longe, e as saudades dos antigos confrontos com o vizinho Atlético! De resto não tenho outras rivalidades. Eu sei que de repente vamos ter que inventar uma rivalidade qualquer com o Gil Vicente (Mateus na jogada), com o Santa Clara, por causa do pássaro na camisola, eu sei lá… Mas falemos da concorrência a sério:

Primeiro que tudo reconhecer que o Vieira das Furnas é esperto, sabe-a toda, e sabia que o Benfica, no actual estado de orfandade da nação, era trunfo garantido. E fez pela vida. Contando evidentemente com as benesses de um regime (republicano) ávido de propaganda, pois é com propaganda (e com subsídios) que se ganham eleições neste país.
Beneficiou também do centralismo lisboeta, uma realidade incontornável, e beneficiou (e beneficia) do ódio visceral que a capital dos funcionários alimenta contra a cidade Condal, capital do trabalho, o Porto. Ódio que cresceu depois de um longo jejum imposto ao nacional-benfiquismo!
Mas Vieira não dorme, na altura própria deu o golpe dos túneis, deu muitos outros golpes, fez uma fundação, e tiro-lhe o chapéu, arrancou com os fundos de investimento (sabe-se lá donde vêem!) e assim trouxe à equipa do Benfica uma qualidade indiscutível. Mas mais, passa a vida em peregrinação pelos países da emigração, tem toda a comunicação social a segui-lo, a entoar-lhe loas, e encetou uma verdadeira batalha para discutir os direitos televisivos contra a Olivedesportos. Noutros tempos a grande força do norte futebolístico. Esta é a realidade da verdadeira concorrência que nos espera a todos – Porto, Sporting e particularmente ao Belenenses, se não quisermos desaparecer a prazo.
E deixo uma pergunta para o fim, uma pergunta hipotética, já se vê: - será que se fosse o Belenenses a lançar-se nos fundos de investimento, ou se quisesse arrancar com uma fundação, isso lhe seria permitido?! Ou rebentava logo uma bronca instigada sabe-se lá por quem, devidamente orquestrada pela comunicação social, gritando mil e uma ilegalidades?!


Saudações azuis

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home