domingo, abril 02, 2006

Todos menos este

Não procurem aqui, nesta crónica, qualquer racionalidade, a fria análise dos factos, mais penalty, menos penalty, seja o que for. Aqui leiam apenas o sentimento de um sócio que já deu o que tinha a dar para este velório.
Hoje tínhamos que ganhar...ao menos empatar. Cada palmo de terreno era para ser disputado como se fosse o último reduto, com lealdade, naturalmente, mas sempre em movimento. Que não houve!
Houve sim contenção, muita gente a meio campo, a atrapalhar-se com a bola, ‘toquezinhos’ de habilidade, ridículos, perdas de bola comprometedoras, desconcentrações ou paragens de cérebro inexplicáveis... e mesmo assim jogámos razoavelmente!
Mas não é nada disto que queremos.
Nunca vi, nos outros campos onde o Benfica se desloca, ensaios de baile, ‘jogos da rabia’ ou ‘meínhos’, como se diz na gíria, iguais aos que presenciei ontem no Restelo! Eu, em estado de fúria e espanto, e os jogadores do Belenenses...na expectativa!!!
Pronto, estava ali o futuro campeão europeu, a jogar com alguns brasileiros que podiam estar a jogar do nosso lado! Já sei que Petit e companhia podem dar ‘porrada’ que não lhes acontece nada!
Que a ingenuidade, falta de ambição e estupidez, vai ao ponto de achar que um livre a nosso favor é preferível ao sucesso de um contra-ataque!!!
E sempre o medo de falhar, de arriscar.
E tanta ingenuidade...santa paciência!
Para cúmulo, um speaker exasperante, a proclamar vitórias nas outras modalidades, que não no futebol! Pobres atletas, que não sabem o que senti nessa hora.
Faltam-nos seis ou sete pontos, é preciso comer a relva, e ficar na primeira Liga.
O Benfica acabou por ganhar bem, e provou mais uma vez aquilo que venho escrevendo neste espaço: “em Portugal o crime compensa”. Por outro lado, os que andam sempre a apregoar, e talvez a praticar, contas certas ou balancetes credíveis... vão a caminho da Liga de Honra!
Estou farto disto.

Post-scriptum: Para quem ainda não tenha percebido: perdemos dois a um com o Benfica, no Restelo.

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home