segunda-feira, junho 08, 2015

Chegou a tua hora Belém!

Aproveita a maré verde que escancarou o nacional-benfiquismo, que revelou o silêncio cúmplice do rotativismo norte-sul, que só a Benfica e Porto interessava. Aproveita as poucas energias que te restam, e abandona as subserviências em que vegetas. Se queres ser escravo arranja ao menos um patrão que não esteja falido, que não tenha contribuído para a falência do BES, da PT, etc, etc,. Um patrão de preferência africano, malaio, chinês, e que não sofra da coluna vertebral.

Como já reparaste está tudo falido e por isso todos falam agora em aproveitar a formação! Mas curiosamente tu nem isso tens! Pelo menos não tens um centro de formação como os outros. E quando consegues formar alguém o rapaz já está hipotecado ou vendido à concorrência. Assim não dá. Diz-me lá uma coisa Belenenses – há quanto tempo não ganhas um campeonato de iniciados, juvenis ou juniores, em futebol?! Pois é, não dá para continuar a brincar às quintinhas com o dinheiro das rendas e de vez em quando apresentar uns campeões de modalidades que só chegam ao topo enquanto os ‘eucaliptos’ não se lembram de lá ir buscar a malta toda! Lembras-te da última experiência de futsal, não é verdade?!
Portanto toca a abrir a pestana se ainda queres apanhar o comboio. Ele está aí à tua espera.

Três notas:
Não quis atingir ninguém com este postal, o destinatário é mais profundo, tem a ver com o espírito instalado no clube, sem ambição e sem alma.

A segunda nota refere-se à recusa do director desportivo em abandonar o projecto há pouco iniciado. Louvo evidentemente a atitude mas posso acrescentar que são essas as atitudes que espero sempre de quem trabalha no Belenenses.

A terceira nota tem a ver com o presidente do Sporting, um vilão universal para os media, apenas porque defendeu os interesses do seu clube! Dá que pensar.



Saudações azuis

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home