quarta-feira, março 19, 2008

Repitam o jogo

As notícias não são boas nem más, andamos no empata, empatámos a zero em Coimbra, grande resultado tendo em vista a produção de jogo ofensivo – em noventa minutos efectuámos um remate perigoso à baliza da Académica – e aparece agora o Conselho de Justiça da Federação a empatar o ‘caso Meyong’ com a instrução facultativa do processo por parte de ‘terceiros interessados’. Estamos a falar de todos os outros clubes da Bwin Liga, para além da Naval. E aqui o que esses clubes dirão é simples de adivinhar: quem está a lutar para não descer de divisão, dirá que a Naval não tem nada que ganhar na secretaria os pontos que perdeu no campo; e quem está a lutar pela Europa dirá que o Meyong estava mal inscrito e que o Belenenses deve perder seis pontos. Com uma agravante: como dois desses clubes se chamam Benfica e Sporting, este ano com os lugares europeus em risco, a respectiva opinião (em princípio desfavorável ao Belenenses) pode pesar mais do que devia nos organismos federativos! E assim concluímos que os aliados, embora mais numerosos, serão menos fortes que os adversários.
Portanto, do que verdadeiramente se trata, parece-me, é de uma tentativa do Conselho de Justiça para se respaldar numa decisão que co-responsabilize mais alguém, sabendo-se, como toda a gente já percebeu, que está a julgar em causa própria!
Outra hipótese, que desde a primeira hora admito, seria a repetição do jogo com a Naval, o que face às circunstâncias e ao previsível arrastamento do processo, ainda seria a melhor decisão.
Saudações azuis.

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home