sexta-feira, dezembro 01, 2006

AG da insatisfação

Orçamento para 2007 chumbado, Direcção contestada, muita insatisfação e pode bem acontecer que o acto eleitoral, previsto para Abril do próximo ano, venha a ser antecipado.
Este é ao fim de contas o resumo da Assembleia-geral Ordinária que ontem decorreu no Restelo.
Pelo que li, face à derrota das suas propostas e pontos de vista, Cabral Ferreira encerrou o debate dizendo que saberia tirar as devidas ilacções do que tinha acontecido. Espera-se assim por uma reunião de emergência da Direcção, a realizar na próxima segunda-feira, e onde poderão surgir novidades.
Crítico desde a primeira hora do rumo que o Belenenses vem seguindo, não vou neste momento tecer quaisquer comentários, quer sobre a Assembleia a que não pude assistir, quer sobre cenários que entretanto se desenhem. A minha opinião é contudo conhecida, já a escrevi e reescrevi dezenas de vezes neste espaço, e resume-se no seguinte: o Belenenses precisa de fazer um corte com o seu passado recente, com o declínio irremediável, e para isso precisa de gente descomprometida com a crise permanente em que temos vivido.
Se vai aparecer ou não alguém com esse perfil, se existe ou não coragem e capacidade para tal, não sei, mas é disso que o Belenenses precisa.
Penso que sobre isso ninguém tem dúvidas.
Se me é lícito, não termino sem uma advertência: qualquer que seja a decisão que a actual Direcção venha a tomar, a prioridade é manter o Belenenses na primeira Liga, custe o que custar.
Saudações azuis.

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home