quinta-feira, agosto 16, 2018

O campeonato da batota e os batoteiros

A primeira pergunta que me ocorre é a seguinte: - quem é que ganha com a batota e quantos batoteiros é que somos?! 

Aparentemente somos dez milhões, mais uns trocos, e aparentemente toda a gente ganha com a batota! Logo a batota é um desígnio nacional. 

Ganham os que fazem a apologia do sistema e aí temos logo à cabeça os deputados, representantes da nação, que fabricam as leis permissivas e confraternizam com os presidentes da batota; 

ganha a comunicação social em peso que divulga com letra gorda e grande regozijo os feitos da batota; 

e não podemos pôr de parte os órgãos de soberania que assistem e medalham os artistas da batota. 

De vez em quando há uma denúncia, as autoridades policiais investigam, mas já se sabe que o sistema está protegido pois não há memória de vermos alguém definitivamente sentenciado por batota. Pode eventualmente ser condenado em primeira instância, mas passados uns anos, os que forem precisos, sabe-se que será absolvido e devidamente indemnizado pelos... contribuintes. Este é um retrato do nosso futebol.

Uma imagem vale mais que mil palavras:


Olhemos então para o JN que nos dá conta que é bem possível que o Desportivo
das Aves seja (ou tenha sido) gerido pelo Benfica, desde aquisições a prémios para ganhar determinados jogos. E parece que há mais clubes nesta situação.

Ora bem, nada disto é novo, daí a naturalidade com que a Liga, a Federação e a tutela olham para estes casos. Só pode ser isto.

Saudações azuis





xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home