segunda-feira, maio 31, 2010

A história repete-se!

O eterno retorno é um dos mistérios da vida que pode ser estudado no Belenenses! Aqui há uns dias não havia dinheiro para nada, houve sócios que se quotizaram para salvar o clube, o drama da inscrição era servido diariamente, antevia-se o apocalipse. Finalmente a esperada notícia, entregámos os papéis, e tanto bastou para a censura ceder lugar ao elogio.
Começa a semana... más notícias outra vez – há dúvidas fiscais e os administradores demissionários parece que desapareceram. Veremos o que acontece amanhã.

Entretanto, noutro país, noutra galáxia, chovem os candidatos às próximas eleições! A lembrar as últimas! E das três… uma – ou a malta do belenenses adora eleições; ou as piscinas são um êxito e proliferam os nadadores salvadores; ou então o Clube é um fruto apetecível! Resta saber para quê?! Inclino-me para a hipótese de ser tanto mais apetecível quanto menos futebol houver. E desconfio que a primeira medida a tomar pela ex-futura direcção será mudar o nome do clube para ‘Atlético Clube do Restelo’. Já com o golfinho no lugar da Cruz.

Agora as coisas que me irritam: - o nacional-benfiquismo do jornal ‘A Bola’ é geralmente bem tolerado pela massa informe dos seus leitores, diz a pagela que não provoca urticária ou outras comichões, excepto em casos muito raros. Pois bem, eu sou um desses casos.
A primeira comichão é causada pela ‘embaixada itinerante do Benfica’ encabeçada pelo incontornável Vieira (não havia a possibilidade de usar uma camisa sem riscas?!) e o recém embaixador de Timor Leste - Nuno Gomes. Nem Hitler foi tão longe na instrumentalização do desporto!
Não contente o jornal ‘A Bola’ serve também uma separata para celebrar o centenário da república, tudo com letra pequena. Sem indagar qual o objectivo das comemorações, uma vez que ocupamos a cauda da Europa, o pasquim entretém-se a contar historietas avulso, sem critério a não ser a apologia sistemática do Benfica. Era previsível. Numa coisa dizem a verdade, e confirmam os meus escritos, o Benfica foi fundado por maçons e a águia é mesmo a do invasor napoleónico! Que não liga muito com o gesto camaleónico de saudar e presentear Bento XVI! Oportunismo a quanto obrigas.

E por último uma reacção a alguns comentários que tenho lido a propósito da candidatura de João Almeida, actual secretário-geral do CDS.
Sou monárquico e portanto não voto na chefia de estado, mas nas legislativas, onde se escolhe a orientação governativa, costumo votar no CDS. Aborto, eutanásia, casamento gay, não contem comigo.
Também não conheço João Almeida de lado nenhum a não ser de vista e do Restelo, mas de uma coisa tenho a certeza, é do Belenenses, é só do Belenenses, e é um jovem, três qualidades raríssimas nos tempos que correm. Só por isso escrevo estas linhas e para contrariar um pouco aquela tendência esquerdista (colectivizante e invejosa) que deu cabo de todos os clubes do sul, Belenenses inclusive.

Saudações azuis

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home