sábado, maio 29, 2010

Belém tipo Inter

Uma hipótese amanteigada, não é queijo da serra, é parecido, tem um bocado de batata, nunca subiu a serra, é queijo tipo serra. Às vezes não é nada mau e passa como serra em muito casamento e baptizado.
Mas para o Belenenses cultivar uma equipa de futebol tipo Inter precisamos em primeiro lugar de definir o actual Inter de Milão. Vamos a isto: - o segredo do Inter não é o Mourinho mas o Mourinho sabe fazer queijo! Uma receita aparentemente simples – aproveita-se o balanceamento defensivo típico no futebol italiano, apura-se o sistema com o manual Ivic (arte de bem defender toda a baliza) e como não há muito dinheiro vão-se buscar grandes jogadores em fim de carreira, daqueles que já não querem (nem podem) ‘dar o salto’, mas são jogadores de qualidade e que se adaptam a qualquer lugar. É aqui que entra o Mourinho, é aqui que entra o projecto motivador, ou seja, prometer a glória a homens que passaram a barreira dos trinta! Convencê-los a formarem uma equipa para o que der e vier.
Dir-me-ão que o Inter também tem jogadores cobiçados pelo mercado, é verdade, tem dois – Maicon e Milito. O Belenenses teria de passar sem eles, entendam-me, salvas as devidas proporções.

Aliás, no início da época, eu tive alguma esperança que Nelson e Beto (juntos com Zé Pedro e Cândido) assegurassem com a sua experiência um efeito motivador sobre a juventude azul que maioritáriamente compunha o plantel. Mas não aconteceu assim, antes pelo contrário. Era aqui que entrava o Mourinho…

Saudações azuis

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home