domingo, julho 01, 2007

Marco Aurélio

Não me passou ao lado a notícia do fim de carreira daquele que época após época nos habituámos a ver na baliza do Belenenses. Alto, de estilo elegante, nunca o tratei por ‘imperador’ porque não era imperial a sair aos cruzamentos, um ponto fraco entre muitos pontos fortes, como eram os seus reflexos entre os postes, ou a destreza com que fazia a ‘mancha’ nos remates à queima-roupa! Nestes aspectos estava entre os melhores guarda-redes que vi actuar, e o Belenenses de cariz defensivo que lhe tocou em sorte defender, deve-lhe muitos pontos!
Mas na hora de ‘arrumar as botas’ não são as questões técnicas que queremos realçar, isso pertence a outra análise, a imagem de marca que fica na retina e no coração de todos os belenenses, e que por certo perdurará, tem a ver com a elevação com que vestiu a camisola azul da Cruz de Cristo, e com a seriedade com que serviu o Belenenses!
São estes atributos que o recomendam para que prolongue o vínculo que o liga ao Clube, se for essa a sua vontade, pois será sempre um exemplo a seguir pelos nossos jovens jogadores.
Neste tempo de sentimentos controversos, como é sempre o início de uma nova vida, o Belém Integral deseja ao Marco Aurélio as melhores felicidades.

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home