sexta-feira, março 09, 2018

Ao correr da pena…

Corrupção ou associação de malfeitores?!

Já ultrapassei a fase da corrupção e nem vou perder tempo a discutir se ela é desportiva ou deixa de ser. Era melhor que fosse desportiva. Porque não sendo, abrem-se outras hipóteses e podemos estar perante crimes mais graves. Estou a pensar em associação de malfeitores e aí a moldura penal não é a descida de divisão mas a extinção da pessoa colectiva em causa. Do que não temos dúvidas é que se a inimputabilidade dos grandes clubes de futebol persistir não sei onde é que isto vai parar! Hoje é o assalto ao sistema informático da Justiça, amanhã pode ser o que eles quiserem!

Canoagem na segunda circular?!

As coincidências devem ser apenas coincidência! Num dia o Benfica anuncia a contratação do canoísta Pimenta, medalhado olímpico, e no outro dia Marcelo enfia-lhe uma medalha no pescoço com a selfie respectica! E eu que não sabia que o Benfica também tinha canoagem! Esqueci-me naturalmente do lago do Campo Grande onde, a meias com o Sporting, podem praticar remo e namorar.

Isto vem a propósito da minha guerra contra o ecletismo nos clubes de futebol profissional. É uma coisa que já só existe em Portugal, e que vai secando toda a actividade desportiva, nomeadamente os clubes/modalidade. Depois não se queixem das poucas medalhas olímpicas que ganhamos. E tudo isto para dar mais uns trocos em publicidade aos clubes de futebol.

As quinze propostas de Bruno!

O presidente do Sporting apresentou quinze propostas para o futebol português. Apresentou-as ao governo, falou nelas aos deputados e tentou apresenta-las na Liga. Na altura não foi bem sucedido mas face aos últimos desenvolvimentos do caso dos emails voltou á carga. Devo dizer que concordo genericamente com todas, a maior parte já as defendi neste espaço, exceptuando o auto elogio ao próprio e ao Sporting. Mas tenho uma décima sexta para lhe propor e que tem a ver com o que escrevi no ponto anterior. E que  posso resumir numa frase - sem renegar o passado é preciso saber construir o futuro.

O encontro dos presidentes

Com ar sorumbático o presidente da Liga juntou os presidentes dos clubes da primeira e segunda Ligas (faltou apenas o Sporting) para. segundo disse, preparar as reformas indispensáveis. O problema é que os acontecimentos correm o risco de atropelar as reformas e ao mesmo tempo mandar para a reforma quem continua a assobiar para o lado como se nada estivesse a acontecer!



Saudações azuis

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home