quinta-feira, março 24, 2016

Empatados!

Nestes quinze dias que coincidem com a Páscoa vamos ficar reduzidos ao quadradinho nos jornais sobre as melhoras do Gonçalo Brandão enquanto esperamos pelo próximo jogo. Podia ser pior mas quinze dias é muito tempo para estarmos empatados em Tondela. Bem sei que há as redes sociais, o blogue do Lacerda, a recém-criada ‘Comunidade Azul’, que frequento tal como muitos belenenses, mas o grande público, aquele que não usa regularmente o computador e que conhece a realidade através da televisão, esse só vai ouvir falar do Benfica, do Sporting e do Porto. Pois se o Braga, que é o Braga, e depois daquilo que tem feito apenas merece mais um quadradinho do que nós! É nestes momentos que tenho a noção exacta de quão longe estamos do estatuto que já tivemos!
Por exemplo, aquele penalty de Tondela, traiçoeiro como Judas, diz bem da facilidade com que se marcam grandes penalidades contra o Belenenses.

E passamos directamente para a assembleia dos trezentos sócios que decidiu recomprar a SAD, tal como outra, com o mesmo número de associados, decidiu, não há muito tempo, vendê-la! Para lá da discutível representatividade destas assembleias a minha grande perplexidade prende-se com a ligeireza com que se tratam questões vitais para a vida do Belenenses! E depois ouvimos o presidente do clube concluir que 96% dos associados querem aquilo que aqueles trezentos, sempre os mesmos, decidiram. Já não dou para este peditório democrático. De assembleia em assembleia até à extinção do clube. Para mim chega. Se alguém quiser tratar deste assunto a sério deve candidatar-se com um programa muito curto e muito conciso sobre o que vai fazer com a SAD, ou seja, qual é o seu projecto imediato para a equipa de futebol e quem é o investidor. O resto, conversas sobre distritais, rendas, colégios, bingos, isso é tudo mais do mesmo. Tudo aquilo que nos levou à emergência de termos que vender a SAD (o negócio do futebol) ao primeiro ( e se calhar único) que nos apareceu.

E agora de repente, já temos meios e competências?!


Saudações azuis



Nota básica: - Não há nenhum adepto do Belenenses que não queira que seja o clube a ter a primeira e a última palavra sobre a sua equipa mais representativa. Eu, naturalmente incluído. Mas duvido que haja alguém, incluindo aqueles trezentos que frequentam regularmente as assembleias, que queira reviver o declínio dos últimos quarenta anos. E o discurso da direcção, por ser omisso a esse respeito, não nos garante que a tragédia não se repita. Mas mantenho o que disse acima. – Candidatem-se com um projecto para o futebol profissional e veremos. Será importante saber quem é o investidor porque o Belenenses não tem condições para sobreviver como o Benfica, Sporting ou Porto, pois há muito que perdeu o estatuto de clube do estado. Não se esqueçam, estamos em Portugal, e é assim que as coisas funcionam.

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home