segunda-feira, janeiro 11, 2016

Velhos hábitos

Com os anos que levo de Belenenses já não preciso de ver os jogos, basta-me adivinhar. Para tira teimas socorro-me dos velhos hábitos, e raramente me engano.
Por falar em recorrências, moralizar os adversários em maus lençóis é uma delas! A Académica não ganhava a ninguém no seu estádio até lá ir o Belenenses, qual pronto-socorro, e os estudantes passaram logo com distinção! Levámos quatro! O Estoril, que até exibia um futebol razoável, mas não conseguia materializar essa superioridade, teve que chamar o Belenenses para desbloquear o problema. 

Outra tradição muito antiga tinha a ver com o número de oportunidades que desperdiçávamos até conseguirmos concretizar. Estou evidentemente a referir-me ao Belenenses antigo, àquele que lutava pelo título. Essa tradição perdeu-se, mas a outra, a de falhar golos, não.

De regresso ao Estoril olhemos as diferenças em relação ao passado recente:
De facto a equipa está mais espevitada, aparentemente mais coesa, mas continua a sofrer dois golos por jogo. Assim é difícil ganhar. Noutra perspectiva, Carlos Martins parece estar a exibir-se melhor, mas continua a ser admoestado com cartões. Ora bem, nas outras equipas, na concorrência, os jogadores acima da média costumam amarelar os adversários. Com Carlos Martins é ao contrário!

E por último duas notas sobre o treinador. É sem dúvida um treinador diferente, eu diria, peculiar! Gostei da sua sinceridade, e porque não dizê-lo, da sua ousadia! A quinze minutos do fim, fora de casa, com o jogo empatado, tirar um central e meter um avançado para tentar ganhar o jogo, é bonito, mas perigoso. Ainda por cima com os problemas defensivos que vamos exibindo.   E acabámos por perder. Assumiu o risco e pediu desculpa aos adeptos. A sua frontalidade marca a diferença. Acontece que estamos em Portugal onde, tirando três ou quatro equipas, toda a gente joga para o pontinho. O que vier a mais é ganho. A mentalidade é essa. Aqui, o risco não compensa.

Aguardemos pelo próximo capítulo em Vila do Conde.



Saudações azuis

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home