quinta-feira, janeiro 21, 2016

‘Equipa está a crescer’

Não posso deixar de concordar com Júlio Velasquez e até confesso que tal crescimento me tem surpreendido! Na verdade, em dois jogos seguidos, fora de casa, e perante um adversário forte, o Belenenses conseguiu superiorizar-se durante largas fases dos respectivos encontros. E isso não é coisa de somenos.

Não vou fazer análises tácticas que já foram feitas, bastou-me olhar para a movimentação dos jogadores, para as linhas de passe que sempre existiram, e sobretudo para a atitude e o discernimento que cada um punha em cada lance, para ter ficado satisfeito. Faltou apenas uma maior acutilância na hora de rematar, mas com tanta novidade na equipa, era pedir de mais.

Sobre as caras renovadas tenho a dizer que gostei bastante da postura de Tiago Almeida, um antigo avançado transformado num belo defesa/ala! O mesmo se diga, no lado contrário em relação a Fábio Nunes. Quando calibrar os cruzamentos e quando o calibre tiver a correspondência dos finalizadores, os golos irão aparecer.

Quanto às caras mesmo novas, Rafael Amorim tem experiência e pedal para entrar nas contas de Velasquez. O médio Backic deu indicações que o recomendam para motor da equipa. O espanhol Juanto pareceu-me atrevido, sem medo de entrar na área. Em resumo, pareceram-me reforços criteriosamente escolhidos para valorizarem o plantel.
Estou assim mais esperançado numa vitória sobre o Guimarães. Sim, eu sei que é mais difícil jogar em casa para o campeonato.

Taça da Liga: Rio Ave 1 – Belenenses 1


Saudações azuis 

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home