segunda-feira, novembro 15, 2010

Empate em Freamunde

A fazer fé nas crónicas que li, a terra dos capões deu algum galo ao Belenenses! Com efeito, duas vezes à frente do marcador, e duas vezes nos deixámos empatar. Da segunda vez parece que não haveria motivo para a grande penalidade. Acontece muito quando se veste de azul com a Cruz ao peito. Seja como for, assim, visto de longe, alguma coisa mudou – marcar primeiro pode representar uma atitude pró-activa, facto a salientar, porque o costume é andarmos sempre atrás do prejuizo. Também houve alterações na formação da equipa – mais atenção ao factor construtivo que representam os laterais no futebol moderno; a entrada de Diego Lima que em pouco minutos já tinha revelado bons pés, é outro factor relevante numa zona do campo onde revelamos carências. Enfim, e como já escrevi, José Mota é treinador experiente e sabe concerteza o que anda a fazer.
E o programa é simples – começar a pensar alto e positivo para abandonarmos rápidamente a cauda da classificação.

Saudações azuis

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home