sábado, fevereiro 02, 2008

Meyong a conta-gotas!

Enquanto nos órgãos sociais do Belenenses parece reinar um ambiente de Carnaval, Rui Santos prossegue no Record a sua cruzada contra a Cruz de Cristo! E voltamos ao caso Meyong depois de ser conhecido mais um episódio, a saber: consta que a Real Federação Espanhola terá enviado, posteriormente, mais um documento para anexar ao passaporte do jogador, documento esse, que refere a utilização de Meyong pelo Levante no jogo inicial do campeonato espanhol. Os tais sete minutos. Daqui Rui Santos conclui que a CD da Liga irá inevitavelmente punir o Belenenses… e também a Federação Portuguesa de Futebol! Chama-lhe co-responsabilidade! Depois fica preocupado com o também inevitável recurso que o Belém há-de interpor, recurso a ser julgado por um dos infractores, no caso, a própria FPF! E finaliza lamentando que não exista um Tribunal do Desporto para resolver estes casos! Tudo isto foi escrito ontem, dia 1 de Fevereiro, quando fazem cem anos sobre o assassinato… crime que ficou impune… do rei Dom Carlos I, Chefe de Estado Constitucional à época.
Rui Santos não tem muito a ver com isto, mas cem anos de decadência republicana deixam sempre as suas marcas. Então não querem lá ver que o nosso Rui acha que a nossa Federação é inimputável?! Que deferiu face à documentação que tinha em seu poder e que esse deferimento é igual ao litro, ou seja, mais valia não perdermos tempo naquele guichet!!! Curioso é ainda admitir que a tal Federação inimputável, venha a punir o Belenenses, retirando-lhe pontos, e aplicando de seguida uma multa a si própria!
Ai, estes jornalistas…
Saudações azuis.

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home