quinta-feira, junho 15, 2006

Mateus...Rosé

Anda muita gente a abusar do Mateus!
Estou a avisar: há muita gente a ficar ‘xarope’ por causa do xarope! É que apesar do aspecto levezinho, direi mesmo adamado, parece que aquilo sobe mesmo à cabeça e uma pessoa sem dar por isso começa a dizer disparates! Já sei o que é que estão a pensar, estão a pensar em mim, querem-me mandar ao balão!? Tudo bem, mas então vamos todos.
A começar pela direcção do Gil Vicente, completamente xarope, a rematar para onde está virada...porque afinal começa a vir ao de cima a verdade e a tramóia, o acórdão que sempre existia, tinto no branco, com o Gil Vicente a ser justamente penalizado com a descida de divisão, que já deveria ter ocorrido há muito tempo, desde o tempo em que foi taxativamente avisado pela Liga sobre as consequências do recurso aos tribunais comuns. Tal como já tinha sido avisado o Paços de Ferreira que também tentou inscrever um jogador (seria o Mateus?) nas mesmas condições.
O Paços recuou, mas o Gil avançou.
Não há mais nada para ser esclarecido, Cunha Leal já explicou a ‘inventona’ do Fiúza! Sobre o episódio caseiro que o provérbio clarifica, resta repeti-lo, as vezes que forem precisas: “casa de pais, escola de filhos”...e netos e de certos juízes e de certos aguiares do Porto, que amanhã jurarão com os pés, que não se pronunciaram sobre o assunto, que foram os outros meninos que disseram isso...que são feios e maus!
E ainda, de certa jornalista-colunista, mas sobretudo, nacional-benfiquista!
A dita cuja continua a infantilizar-se e a infantilizar os leitores do jornal “A Bola”! Não percebeu, nunca vai perceber, que se trata apenas de cumprir ou não cumprir a lei, fazer baixar ou não fazer baixar o Gil Vicente à Liga de Honra, mais nada. O que vem a seguir é outra história; quem vai beneficiar directamente com o cumprimento da lei, se é o Belenenses ou outro clube qualquer é outra questão, porque com o cumprimento da lei beneficiam sempre todos os clubes participantes! Se calhar fui explícito demais, a senhora pode não ter alcançado.
Anda a bolçar verdade desportiva e eu sei porquê! O inconsciente, a inconsciência, lembra-lhe aquele episódio que deveria ter levado o Benfica a baixar de divisão, se a lei também tivesse sido cumprida! Pois é, a cena das dívidas à segurança social, as certidões falsas, tudo apagado, abafado, ‘endrominado’...porque naturalmente estava em jogo a ‘verdade desportiva’ do clube do estado, do povo, do partido, da classe operária, etc.etc. e no etc. é que está a chave do problema.
Uma pergunta: para que servem estes colunistas!? Isto vende?
Agora, outra pergunta: o comentador desportivo Sócrates, também primeiro-ministro quando não está ocupado com o futebol, saberá que a fraude organizada e generalizada já se instalou, sem qualquer pudor, nas competições desportivas!?
Última pergunta: desconfiará Sócrates que quando a fraude se instala na competição desportiva é sinal certo e seguro que o corpo social já está todo contaminado!?
Saudações azuis.

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home