quinta-feira, dezembro 17, 2015

O fim anunciado

Depois de Alvalade, e tal como escrevi, o Belenenses iria ressentir-se daquele inexplicável desaire. Pondo agora de parte o jogo europeu com a Fiorentina, um duelo atípico que não serve de modelo, a verdade é que as duas últimas derrotas no campeonato não têm uma explicação puramente futebolística. A equipa sempre sofreu muitos golos mas funcionava. Em Coimbra deixou de funcionar como equipa. Sá Pinto terá percebido isso e apresentou a sua demissão. Fica a marca europeia na memória.

A rapidez da substituição, que se elogia, não deixa de ser um sinal de que a SAD já adivinhava este desfecho. É espanhol e ainda bem. Atendendo ao clima de subserviência que se vive no futebol português pelo menos não ouvirei os comentadores a dizer que foi formado no Benfica, que nasceu em Alvalade ou que passa férias no Dragão. Conhece o Lopetegui, é normal. Mas que não lhe siga a estratégia.

Saudações azuis

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home