terça-feira, outubro 27, 2015

Difícil ganhar em casa!

Como realçou Sá Pinto fomos a única equipa que, nesta ronda, obteve uma vitória caseira. Em dias de chuva o factor casa conta pouco, a vantagem é das defesas. Acresce que o União da Madeira sofre muito poucos golos e além disso, como se viu, é uma equipa com argumentos! Pelo nosso lado, valeu o espírito de combate para conquistarmos uma vitória feliz.

Sá Pinto manteve o onze que defrontou o Basileia mas o que não se manteve foi índice competitivo de jogadores fundamentais. Tiago Silva, por exemplo, esteve uns furos abaixo do esperado. Sabemos que não é fácil assumir as despesas do jogo e também sabemos que alguns jogadores estavam menos frescos que o habitual. Pareceu-me por isso que a equipa estava um pouco estática. Ao contrário dos madeirenses, sempre muito activos. Nestas condições, valeu o acreditar até ao fim!

Referências individuais: destaco a boa entrada de Carlos Martins, mexeu com o nosso ataque; André Sousa esteve muito em jogo e foram dele alguns remates perigosos; João Afonso brilhou num corte milagroso, a defesa cumpriu, e foi importante não sofrermos golos; Sturgeon teve alguns apontamentos mas tem que melhorar no capítulo da finalização; finalmente Tiago Caeiro, que entrou já perto do fim, fez um golo pleno de oportunidade! Um golo precioso.

Resultado final: Belenenses 1 – União da Madeira 0



Saudações azuis

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home