quarta-feira, novembro 25, 2015

Os ares do Restelo…

Os ares do Restelo fazem mal aos ossos, aos tendões, aos músculos, às articulações, e quando há lesão a cura é longa. Não brinco com o sofrimento alheio mas são as notícias que me chegam! Perante tal adversidade teremos que nos precaver. Mais jogadores e mais alternativas, não vejo outro caminho. A propósito, que é feito de Meira?! Um jogador rijo que pouco se lesiona. Fui sempre contra a sua saída, por isso, se estiver livre deve regressar. É polivalente, tanto joga a central como a trinco, posição onde mais gosto de o ver actuar.

Fala-se agora em Nuno André Coelho, um jogador credenciado mas que não vingou inteiramente nos clubes portugueses (também credenciados) por onde passou. Lembro-me de o ver jogar nesses vários clubes e fiquei com a impressão que para central, para comandar a defesa, lhe falta qualquer coisa. É óbvio que se vier a ser jogador do Belenenses será para mim o melhor central do mundo.

Do meio campo também gostava de ouvir novidades. Tem que haver ali uma revolução porque é uma zona critica em qualquer equipa de futebol. Centro campista que perde a bola em zonas proibidas por demorar a pensar ou a executar não é centro campista. Talvez venha a ser, ou já terá sido, mas neste momento não é.

Amanhã, segundo as declarações de Sá Pinto, os polacos têm a vantagem da experiência. É possível. Espero no entanto que o factor casa sirva para alguma coisa. Em lugar de nos posicionarmos na expectativa, com linhas muito recuadas, talvez seguirmos o aforismo popular – a melhor defesa é o ataque!



Saudações azuis

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home