terça-feira, dezembro 21, 2010

O hino azul

Eu sei que temos muitos hinos, todos bonitos, sei que existe um hino oficial, bonito também, conheço-o, sei entoá-lo, mas de todas as letras e músicas que têm a ver com o Belenenses, aquela com a qual mais me identifico é cantada pelo Pedro Barroso e começa assim… ‘eu sou do mar…’ fala em caravelas que partiram da praia do Restelo há muito tempo, levando nas velas a Cruz de Cristo… E o refrão diz tudo… ‘Belém, Belém, grito do peito, Belém, Belém aqui te juro, azul do mar, como o passado, azul do céu, como o futuro…' Belos versos, bela voz, o hino mais bonito de todos os hinos, de todos os clubes!
Bem gostaria que todas as equipas do Belenenses (especialmente as mais jovens) entrassem em campo ao som desta afirmação de fé belenense. Ou de qualquer um dos outros hinos
Eu não descobri isto agora, mas fui alertado pelo pai de um jogador de palmo e meio, para a necessidade de transmitir algum calor (e fazer subir a auto estima) dos nossos futuros campeões. Daí a oportunidade deste postal.

Saudações azuis


Post- Scriptum: - E se por acaso algum leitor tiver a amabilidade de me enviar o hino do Pedro Barroso também eu abrilhantaria este espaço com a referida música.
Para o efeito o e-mail é - joaomenezes@sapo.pt

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home