sábado, março 27, 2010

Um jogo diferente

Amanhã será um jogo diferente. Diferente desde logo porque o Porto já não corre atrás do campeonato; diferente também porque é possível que se galvanizem com a reintegração de Hulk; e diferente porque a atitude portista também depende do resultado de hoje entre Benfica e Braga.
Se o Braga ganhar, os dois primeiros lugares estão entregues; se o Braga empatar ou perder, o Porto tentará tudo para chegar ao segundo lugar, aquele que ainda dá acesso à liga milionária.
O jogo só não será diferente para nós, belenenses, pois já nos habituámos a chegar a esta altura com a corda na garganta. Triste sina, esta, que nos estava reservada!
Porém, e apesar de tudo, este é o Porto mais acessível dos últimos vinte anos! Servido por jogadores de menor categoria, usando e abusando de processos tácticos desactualizados, os tetra-campeões sofrem agora muitos golos, e no ataque, valem-se apenas da criatividade de Ruben Micael e da abnegação de Falcão.
Ainda pode aparecer Hulk, mas este jogador é fácil de anular por uma equipa inteligente – basta deixá-lo fazer as asneiras sozinho.
Por isso o Belenenses tem algumas hipóteses de discutir o jogo se pressionar o adversário logo à saída para o ataque, e aproveitar as inúmeras perdas de bola a que o Porto já nos habituou neste campeonato.
De resto, muita concentração, olho em Micael, marcar em cima, não o deixar pensar, e encaminhar o jogo pelas laterais no sentido de abrir a (intranquila) defesa nortenha.
E ganhar, único resultado que nos interessa.

Saudações azuis.

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home