quarta-feira, março 09, 2011

O país miserável

Sulista, nordestino, minhoto, algarvio, alentejano, etc., nascido na Junqueira, Alcântara, em casa de avós, não tenho nada a ver com estes emigrantes de Lisboa, carimbados na maternidade Alfredo da Costa, lisboetas de última hora, com sotaque, e também não me revejo, como bastas vezes afirmei no nacional-benfiquismo vigente, herança bastarda da salazarenta união nacional. Estou identificado. O futebol não é tudo, mas serve de pão e circo, e não havendo, para já, a possibilidade de feras e gladiadores, ou cristãos massacrados, vai cumprindo a sua missão, vai embrutecendo eficazmente o povo. Aquele ‘povo’ que o pateta do megafone invoca, sabe-se lá ao serviço de quem… lhe paga! Lá iremos, que as bestas multiplicam-se e passam por cordeiros em toda a parte. Menos aqui, neste espaço, que já os topo há muito.
Dito isto, tinha razão quando desconfiei que houve mesmo agressão do Javi Garcia. Portanto, bem expulso. E custa a crer que não houvesse na comunicação social NINGUÉM com a coragem suficiente para o afirmar. Sem meias tintas. Ao contrário desataram a esconder e a desviar as atenções, que o Alan fez falta, etc., uma tristeza. Ainda hoje o Record abre com a insinuação de que Xistra terá sido castigado! E que dizer daquele realizador de cinema, comentador benfiquista, que nem perante as evidências, se rende! Que exemplo! Que deseducação permanente! Na televisão pública, paga com os impostos dos portugueses! Sim, na RTPN, que eu vi, e mais, quando chegou a vez do Sporting, o Beira-Mar deixou de existir! Talvez seja altura de alguém de Aveiro, que seja só do Beira-Mar, chegar-se à frente, fazer prova de vida. Não há?! Eu sei que não há ninguém nessas condições. Mas Senhor, a televisão pública não poderia... Não. A televisão pública só serve para falar nos três clubes do estado. Falta apenas rebaptizá-los – Dínamo da PT; Torpedo da Caixa Geral dos Depósitos; Lokomotiv da Sagres.
Boa ideia. E se quiserem, troquem.

Saudações azuis


Post-Scriptum: ‘Então e o Belenenses, pá?!’
O Belenenses há muito que perdeu o pio, está infestado de megafones do ‘povo’, ou seja, do Dínamo, do Torpedo e do Lokomotiv. Alguns… nem dão que são! Nem dão por isso.

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home