segunda-feira, setembro 27, 2010

O resultado e pouco mais

Ai, Belém, Belém, jogas muito poucochinho… Contra o Arouca salvou-se o resultado e pouco mais. Vou já dizer o que na minha opinião esteve péssimo e depois direi o menos mal. Péssimo é não conseguirmos ligar três passes! O meio campo nesse aspecto não existe. Péssimo é o vedetismo de alguns jogadores que se enrodilham em dribles até perderem a bola! Outros quando a recebem não sabem o que lhe hão-de fazer, demoram, e são desarmados. Aliás, esta equipa do Belenenses está lenta, sem ideias, sem automatismos, e por consequência refugia-se ou no pontapé para a frente ou no individualismo. Em qualquer dos casos é péssimo. Péssima finalmente foi a nossa segunda parte, imprópria de uma equipa que joga em casa, que tem que ganhar, e porque tem que jogar para ganhar não pode baixar linhas daquela maneira, nem pode deixar um jogador lá na frente sozinho, desamparado, e que ainda por cima não é um ponta de lança para correrias, mas sim um avançado centro de jogo posicional. O que é diferente. Estamos a falar de Purovic cuja utilidade será tanto maior quanto maior for o número de cruzamentos à linha que conseguirmos efectuar. E para isso precisamos de grande envolvimento atacante e não aquilo que se viu.

Agora o menos mal: - menos mal esteve a defesa, especialmente os dois centrais, e também os dois guarda-redes. Menos mal esteve Calé, descontando a conflitualidade permanente. Que tem que ser corrigida. E poderia ter estado melhor se não tem falhado um golo certo mesmo ao fechar da primeira parte. Seria o segundo golo e o da tranquilidade. Mas a sua abertura para o primeiro golo foi o momento do jogo, simplesmente excepcional!
Como se vê, é poucochinho.
Acabámos o jogo aflitos, com o Arouca a carregar! O Arouca, imaginem! E pensar que estava o Vicente a ver o jogo! E pensar que eu vi o Vicente a jogar!

Resultado final: Belenenses 1 – Arouca 0

Saudações azuis

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home