segunda-feira, abril 04, 2011

Flashes do fim-de-semana

Em primeiro lugar a vitória do Belenenses, e logo por três bolas a zero! Vitória alicerçada numa exibição segura, numa linha defensiva consistente, um meio campo mais activo, e um ataque mais rápido. Um onze base para continuar e se afirmar, finalmente. Realce para a subida de forma de dois dos nossos jovens jogadores, Freddy e Camará.

Para lá do desafio, duas interessantes iniciativas: - a distribuição de bilhetes (entradas gratuitas) em cafés e outros locais públicos da zona de Belém, bilhetes que dão acesso à bancada central nascente, que estava ontem mais composta que o costume. A outra iniciativa prende-se com a inauguração do Quiosque Azul junto ao bloco quinhentista, no local onde em tempos o Belenenses jogou - o chamado ‘campo do pau de fio’. Iniciativa que contou com a colaboração da Junta de Freguesia de Santa Maria de Belém e vem dar algum sentido à relação entre o poder local e o clube da terra.

.

Noutros quadrantes, são notícia, a incontornável vitória do Porto na Luz, luz que se apagou, Jesus que não é electricista, rega que se iniciou para substituir os balneários da equipa visitante, tudo isto precedido de uma sessão de autógrafos, perdão, de pedradas, arremessadas contra a polícia, numa demonstração de fogo amigo, na medida em que o chefe das polícias é o amigo Pereira, ministro que recebe queixas encarnadas por mau comportamento dos adversários! O árbitro jogou bem, e não foi por culpa do árbitro que o Benfica não conseguiu empatar.

.

Noutro quadrante, em Guimarães, um penalty duvidoso, para relançar o Sporting pós-eleitoral, e uma reacção vimaranense que chegou ao empate nos últimos segundos.

.

Ultimo flash: - as acusações de Queiroz ao governo de Sócrates! Queiroz queixou-se de interferências do primeiro-ministro na trapalhada que foi a sua substituição; queixou-se do fraco carácter de Madaíl, incapaz de resistir a pressões; enfim, queixou-se. Conhecendo as pessoas em causa, Queiroz está ser injusto – Sócrates nunca pressiona e Madaíl não é pressionável. Mais um deslize do professor que tem o péssimo hábito de denunciar polvos e outras espécies tentaculares.

.

Saudações azuis

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home