quinta-feira, maio 12, 2011

Revista da semana

Com o Belenenses na situação em que está, e não podendo eu fazer grande coisa para a resolver, nestas circunstâncias dizia eu, não me apetece muito escrever sobre o futebol que se vai jogando por aí, quer nos relvados, quer nas secretarias. Abro hoje uma excepção para comentar duas notícias publicadas esta semana:


A primeira notícia, reveladora do estado em que se encontra o país, diz respeito à anulação de uma decisão judicial que já cumpriu os seus efeitos práticos - castigo de dois anos a Pinto da Costa! Nada de novo, na altura também tive a noção que se tratava de um golpe tentacular para defender os interesses do nacional-benfiquismo contra o regional-portismo, se assim posso expressar-me. A decisão do Tribunal Admnistrativo de Lisboa ainda é passível de recurso mas não acredito que depois do que aconteceu, haja coragem por parte da federação para recorrer seja do que for.


A segunda notícia tem a ver com o estádio nacional e o desencanto manifestado por Gilberto Madaíl sobre o respectivo futuro. Ora bem, este Madaíl parece o Sócrates, quem o ouvir pode pensar que o presidente (quase vitalício) da federação não tem nada a ver com o abandono a que foi votado o estádio nacional! Então não foi para dar dinheiro aos clubes (pelo aluguer dos estádios do Euro) que a selecção deixou de utilizar o Jamor?! Se não foi assim, parece.

Nota básica: Wembley é um estadio valorizado porque a selecção inglesa joga lá... sempre.


Saudações azuis

xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/"

<< Home